Engenharia Química

O objetivo do Curso de Engenharia Química da FACENS é formar engenheiros capacitados a atender diferentes solicitações profissionais, com visão crítica, criativa e inovadora.

O Engenheiro Químico é um profissional de formação generalista que atua no desenvolvimento de processos para a produção de produtos diversos, em escala industrial nas áreas de: alimentos, cosméticos, biotecnologia, fertilizantes, fármacos, cimento, papel e celulose, nuclear, tintas e vernizes, polímeros, meio ambiente, entre outras.

O Curso está estruturado para atender as demandas da sociedade em sua área de atuação, bem como contribuir para o desenvolvimento sustentável da região e do país. Provê sólida formação científica e profissional que capacita o engenheiro a absorver e desenvolver novas tecnologias, permitindo atuação crítica e criativa, considerando aspectos econômicos, sociais e ambientais, com visão ética e humanizada.

Informações Gerais

Tipo de Formação

Bacharel em Engenharia Química

Vagas

Manhã (25)
Noite (100)

Duração

10 semestres

Investimento

R$ 1.390,00

Coordenação

Dra. Sandra Bizarria Lopes Villanueva

Autorização

Reconhecido pela Portaria SeRES nº. 580, de 06/10/2016


Possuir ensino médio completo e ser aprovado no Processo Seletivo da FACENS.
Mensalidade com desconto pontualidade: R$1.298,00


Perfil Profissional

O profissional da Engenharia Química deve ter a capacidade de resolver problemas concretos da sua área, aplicando os modelos adequados às situações reais. Deve ser capaz de promover abstrações e adequar-se a novas situações encontradas no ambiente prático. O perfil do Engenheiro Químico deve contemplar basicamente:


  • Formação generalista, com sólidos conhecimentos nas áreas de formação básica, geral e profissional do curso, incluindo aspectos humanísticos, sociais, éticos e ambientais;
  • Capacidade para resolver problemas concretos, modelando situações reais, promovendo abstrações e adequando-se a novas situações;
  • Capacidade de análise de problemas e síntese de soluções, integrando conhecimentos multidisciplinares;
  • Capacidade de elaboração de projetos e proposição de soluções técnicas e economicamente competitivas;
  • Capacidade de absorver novas tecnologias e de visualizar, com criatividade, novas aplicações para a Engenharia Química;
  • Capacidade de comunicação e liderança para trabalho em equipes multidisciplinares;

*Conforme Diretrizes Curriculares Nacionais (Resolução nº. CNE/CES 11/2002).


Campo de atuação


Laboratórios


Professores


Critérios de Avaliação


Critérios de Promoção e Retenção